Família em uma praia

Simular o Meu

Seguro Vida 5€/mês

Vida

O que é um seguro de vida?

 

Um seguro de vida é um contrato assinado com uma Companhia de Seguros, através do qual uma seguradora compromete a restituir o capital seguro a terceiros, em caso de morte do beneficiário, de sobrevivência ou ambos, caso o acontecimento ocorra durante o período de vigência do contrato, geralmente, estabelecido nos 60 anos de idade.

Os seguros de vida podem também incluir coberturas complementares que garantam suporte financeiro em caso de invalidez da pessoa segura.

Acidentes de Quais os tipos de Seguro de Vida?

Referimos anteriormente que o seguro de vida pode cobrir o risco de morte, invalidez absoluta e definita ou de sobrevivência de uma (ou mais) pessoas seguras. Sendo estes os dois tipos de seguros de vida, importa conhecer a diferença:

  • Cobertura do Risco de Morte – Neste caso, a companhia de seguros assegura a atribuição, ao beneficiário do seguro, de uma compensação em caso do falecimento da pessoa segura durante a vigência do contrato. Esta compensação é definida pela pessoa segura e a definição do valor depende de um conjunto de critérios.

  • Cobertura do Risco de Invalidez Absoluta e Definitiva – No caso de invalidez absoluta ou definitiva da pessoa segura, é atribuído um pagamento do capital seguro. A «declaração» de invalidez absoluta e definitiva é efetuada quando, em consequência de doença ou acidente, a pessoa ficar total e definitivamente impossibilitada para o exercício de qualquer profissão. Implica também a necessidade absoluta da assistência permanente de terceiros.

  • Cobertura do Risco de Invalidez Total e Permanente – No caso de invalidez total ou permanente da pessoa segura, é atribuído um pagamento do capital seguro. A Invalidez Total e Permanente de uma pessoa, verifica-se quando o grau de invalidez for igual ou superior a 60% (em algumas companhias de seguros teremos taxa de invalidez de 65% ou 66%), limitando a capacidade da pessoa segura de exercer uma atividade remunerada.

  • Cobertura do Risco de Sobrevivência – Um tipo diferente de cobertura que é atribuída em caso de vida. Ou seja, o beneficiário recebe um valor acordado se a pessoa segura estiver viva no final do contrato. Por norma, e devido a constrangimentos fiscais, este tipo de coberturas tem sido muito utilizado em seguros financeiros (seguros de capitalização, por exemplo). Tipicamente, o beneficiário destes produtos é a própria pessoa segura

  • Coberturas Mistas – Uma modalidade que conjuga uma parte de cobertura de risco de morte e outra de risco de sobrevivência. Tipicamente os valores acordados são diferentes nos dois casos. É um produto que se revela muito interessante para quem quer acautelar o risco de morte mas mantendo em aberto que se viver terá uma poupança acumulada.

 

Que coberturas são asseguradas num Seguro de Vida?

De acordo com a opção que escolher, os seguros de vida podem ser acionados em caso de:

  • Diagnósticos de doenças graves (como cancro, AVC ou enfartes),

  • Invalidez Absoluta e Definitiva,

  • Morte por acidente de circulação

  • Incapacidade temporária ou permanente. O capital segurado pago com esses seguros é limitado e, no caso de doenças muito específicas, pode ser antecipado.

  • Invalidez total e permanente

Qual a diferença entre Seguro de Vida e Seguro de Vida Crédito Habitação?

Como o próprio nome indica, ambos os seguros são seguros de vida. Na prática e em ambos, a companhia de seguros paga um capital de indemnização em caso de sinistro. No entanto, existem algumas diferenças:

  1. O seguro de vida crédito habitação tem como finalidade garantir que o banco recebe o dinheiro que ainda se encontra em divida pela sua habitação, ou seja, o capital indemnizado será usado para liquidar o valor ainda em dívida, pelo que vai sendo ajustado à liquidação do empréstimo;

  2. No seguro de vida tradicional o capital a indemnizar é constante (o estipulado em apólice), sendo os beneficiários as pessoas indicadas pela pessoa segurada.

Porque fazer um Seguro de vida?

O seguro de vida protege a família e herdeiros, ou outra pessoa  que dependa de sua renda, em caso de falecimento da pessoa segurada, facultando-lhe uma indemnização, que poderá servir para ajudar a  pagar dívidas, as despesas do crédito habitação, educação dos filhos,…

Este Apoio financeiro, geralmente, não está sujeito a impostos.

 

Como escolher um Seguro de vida?

As companhias de seguros apresentam diferentes soluções a preços muito semelhantes, o que difere são as coberturas que estão asseguradas.

A Alfaiate & Garcia é uma seguradora multimarca que lhe pode apresentar diferentes opções, com preços e coberturas ajustadas às suas necessidades.

Fazemos essa análise gratuita

 

VER FLYER

Plano Vida Sem Fronteiras

Simular o Meu

Seguro Vida

NIPS - Condições Pré-Contratuais